Translate to your language

domingo, 6 de abril de 2014

Dia 30. Vai um churrasquinho aí?


Sábado, 28 de setembro de 2013.
Santa Rita do Sapucaí/MG/Brasil (0 km).

Enfim, no quintal de casa. Tomando o último fôlego num churrasco com os amigos e parentes para comemorar uma grande viagem... Este é o relato de mais um dia na Expedição América do Sul, uma viagem de moto que fiz acompanhado do primo Pedro passando por alguns países da América do Sul durante o mês de setembro de 2013. Uma viagem extraordinária em que foram vivenciadas muitas emoções ao longo do trajeto. Passamos calor e frio, tivemos alegrias e dificuldades, momentos de tranquilidade e apreensão. Continue lendo para acompanhar a viagem.


Trajeto do dia

  • Santa Rita do Sapucaí/MG


Após uma boa noite de descanso, acordei e fui tomar café. Esperei o Pedro e, em seguida, fomos levar as motos para uma rápida manutenção em uma oficina de motocicletas. O Pedro só precisava trocar o óleo do motor. Com relação à minha moto, expliquei ao mecânico o problema com a corrente e sobre o receio que eu tinha de que ela terminasse por se arrebentar a qualquer momento. Então, ele comentou que daria uma olhada nas peças que funcionam em conjunto com a corrente, mas, de qualquer forma, só de “bater o olho” já sugeriu que ela também fosse trocada, pois, naturalmente, era uma peça de menor qualidade.

Assim, deixamos as motos na oficina umas 10h ficando acertado pegá-las por volta das 16h.

Almoçamos com alguns parentes e, até o horário de buscar as motos, ficamos de conversa fiada contando e relembrando os casos da viagem.

Mais à tarde, o mecânico ligou para avisar que o trabalho estava concluído e, então, fui buscar a moto. Como combinado, a corrente da minha moto foi substituída por outra de maior robustez e, certamente, não daria mais problema e a viagem poderia ser concluída sem maiores dificuldades.


Churrasco para comemorar

Em seguida, finalmente, churrasco. Até ocorreu uma coincidência a respeito disso. Dois dias antes tínhamos combinado com o primo Tiago de assarmos uma carne para comemorarmos a chegada da viagem, porém, como um outro primo, também chamado Thiago, estava na cidade e nesse mesmo dia comemoraria seu aniversário, então, mudamos o itinerário e fomos prestigiar o primo aniversariante.


 Foto retirada da internet


Foto retirada da internet

Passado algum tempo, tendo reencontrado amigos e conhecidos de longa data, saí da festa e passei na residência de alguns outros parentes que sempre costumo visitar quando vou em Santa Rita/MG. Quando voltei para a casa da tia Nazira já era noite. O Pedro? Sabe-se lá do Pedro. Ficou tomando uns goles lá na casa do primo aniversariante e, numa hora dessas, já deveria estar para lá de Bagdá.

No final do dia, mais um “bocadinho” de prosa com a tia Nazira e, por fim, me recolhi aos meus aposentos para o grand finale do dia seguinte, ou seja, os últimos 400 km de todo o percurso de viagem planejado anteriormente. Aliás, uma coisa que ainda faltava fazer, antes de seguir viagem para BH/MG, era copiar as fotos e vídeos gravados pelo Pedro ao longo da viagem.



SOBRE O AUTOR

0 comentários:

Postar um comentário


ATENÇÃO! Comentários são sempre bem vindos por incentivarem o debate, a troca de informações e enriquecerem bastante o conteúdo do artigo. Contudo, justificadamente, foram estabelecidas normas na Política do Site que estipulam algumas restrições. Em resumo, poderão ser removidos:
  • se não tiverem relação com os assuntos abordados no artigo;
  • caso contenham links para divulgação não autorizada de blog ou site (comente com seu Nome/URL ou OpenID, nesse caso);
  • se possuírem propagandas de qualquer natureza - spam;
  • caso apresentem palavras grosseiras ou ofensas a quaisquer pessoas ou marcas;

Categorias