Translate to your language

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Dia 25. Cuidado com os desvios não planejados



Terça-feira, 26 de agosto de 2014.
De Linhares/ES a Armação dos Búzios/RJ (575 km).

Achei que ao pegar a estrada que margeia o litoral eu fosse ver belíssimas paisagens à beira do oceano, mas, vi quase nenhuma gota de mar. Pelo contrário, muitos buracos, remendos e motoristas ruins. Este é o relato de mais um dia na Expedição Litoral Nordestino, uma viagem de moto que realizei sozinho pelo nordeste brasileiro durante o mês de agosto de 2014. Belíssimas paisagens foram vistas e muitas experiências foram vividas: da calmaria de um encantador pôr do sol em Jericoacoara/CE à fuga alucinada, na calada da noite, em Petrolina/PE... fortes emoções foram vivenciadas. Continue lendo para acompanhar a viagem.

Você é livre para fazer suas escolhas, mas, é prisioneiro das consequências. - Pablo Neruda


Trajeto do dia

Trajeto de Linhares/ES a Armação dos Búzios/RJ.
Trajeto de Linhares/ES a Armação dos Búzios/RJ.

Uma má escolha

Ao fim de cada dia de viagem minha preferência é por encontrar um hotel que disponibilize internet sem fio para seus hóspedes, pois, antes de dormir há ainda outro divertimento que é o de selecionar algumas fotos dos acontecimentos mais recentes para postar nas redes sociais e deixar os parentes e amigos informados a respeito do que aconteceu durante o trajeto; e confesso que essa seleção pode tomar algum tempo dependendo da quantidade de fotos e vídeos registrados durante o dia.

Assim, como a caixa de proteção da câmera de vídeo estava quebrada, não tive muito o que fazer na noite anterior e, então, pude ir dormir mais cedo. Consequentemente, consegui levantar bem de madrugada, antes da alvorada, para cumprir o trajeto de mais esse dia de viagem. Pois bem, às 6h já estava com a moto ligada e totalmente carregada com a bagagem, deixando o hotel.

Segui pela BR-101 até a encruzilhada com a ES-440 onde me desviei para o litoral rumo à estrada que o contorna (ES-010). Confesso que não era o caminho inicialmente planejado e, ao visualizar o mapa do GPS, pensei que fosse conseguir trafegar pela estrada tendo a visão do mar como companhia, mas, poucos foram os momentos em que pude avistá-lo.


Litoral do Espírito Santo visto da estrada.
Litoral do Espírito Santo visto da estrada.

Por outro lado chamou-me atenção a beleza da paisagem da estrada que, devo dizer, era bastante cativante. Também relembro que nesse trajeto foi necessário tomar cuidado ao trafegar, pois, a pavimentação se mostrou com muitos buracos e remendos espalhados pela sua trajetória.

Há várias cidadezinhas pelo caminho e à medida que me aproximava da cidade de Vitória, no Estado do Espírito Santo, o fluxo de veículos, principalmente de caminhões, ficava cada vez maior. Para ser sincero, até me arrependi de ter escolhido esse desvio e de não ter continuado a viagem pela BR-101 como previamente planejado.

Pensando melhor, para quem estava com o tempo corrido e programado, como eu naquele momento, penso que percorrer esse caminho próximo ao mar não vale a pena. De outra forma, o viajante que possuir mais tempo poderá ter maior proveito, pois, encontrará uma estrada bonita e também com ótimos pontos para observar e aproveitar o mar nas cidades existentes ao longo desse caminho. Contudo, como disse, tempo não era o que eu tinha sobrando.


Parada para fotos no Litoral do Espírito Santo.
Parada para fotos no Litoral do Espírito Santo.

Hotel em reforma. E agora?

Continuando a viagem, próximo a Vitória/ES retornei para a BR-101 e toquei em frente, rumo ao sul, até chegar em Armação dos Búzios/RJ por volta das 17h. A rodovia RJ-162 que liga a BR-101 até Búzios/RJ (passando por Rio das Ostras/RJ) é repleta de radares e sinais de trânsito, o que fez a viagem ter pouco rendimento.

Em Búzios/RJ, quando aportei na pousada que havia reservado o recepcionista contou que já estava com o pacote contendo a caixa de proteção nova para minha câmera de vídeo. Essa caixa de proteção eu a tinha comprado pela internet no início do dia anterior, em Arraial d’Ajuda/BA, depois de tê-la quebrado num movimento desastrado que a levou ao chão (veja o relato do Dia 24. Olha a chuva. Cancele todos os passeios para saber / relembrar o que houve).

Para minha surpresa ainda recebi a notícia de que essa pousada que contratei estava em reforma e que eu ficaria hospedado numa outra logo à frente, quase na mesma rua e que, segundo entendi, era do mesmo dono e oferecia as mesmas condições de hospedagem. Não me importei.

Logo depois de me acomodar no quarto, voltei à recepção para deixar pago o valor do hotel e me informar a respeito dos passeios de barco que poderia realizar pela região. Avaliei a possibilidade de também pagar traslado que me levasse em um passeio até Arraial do Cabo/RJ, mas, desisti pela logística complicada que teria. Pensei que se eu realmente fosse a Arraial do Cabo/RJ seria melhor me deslocar até lá por conta própria e contratar alguma agência de turismo local. Assim, o custo seria mais barato.

Mais à noite, saí de moto para dar uma volta pela região central da cidade. Não me demorei. Ao final, comprei uns salgados numa lanchonete próxima ao hotel e retornei para comer no quarto mesmo.


Quarto do hotel em Búzios/RJ.
Quarto do hotel em Búzios/RJ.

Hotel: R$120,00.



SOBRE O AUTOR

0 comentários:

Postar um comentário


ATENÇÃO! Comentários são sempre bem vindos por incentivarem o debate, a troca de informações e enriquecerem bastante o conteúdo do artigo. Contudo, justificadamente, foram estabelecidas normas na Política do Site que estipulam algumas restrições. Em resumo, poderão ser removidos:
  • se não tiverem relação com os assuntos abordados no artigo;
  • caso contenham links para divulgação não autorizada de blog ou site (comente com seu Nome/URL ou OpenID, nesse caso);
  • se possuírem propagandas de qualquer natureza - spam;
  • caso apresentem palavras grosseiras ou ofensas a quaisquer pessoas ou marcas;

Categorias