Translate to your language

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Dia 24. Olha a chuva. Cancele todos os passeios



Segunda-feira, 25 de agosto de 2014.
De Arraial d’Ajuda/BA a Linhares/ES (454 km).

Chuva, chuva e mais chuva. Foi o que presenciei em Arraial d’Ajuda/BA. O passeio de barco que havia contratado foi cancelado e ainda tive o azar de quebrar a caixa de proteção da câmera de vídeo. Este é o relato de mais um dia na Expedição Litoral Nordestino, uma viagem de moto que realizei sozinho pelo nordeste brasileiro durante o mês de agosto de 2014. Belíssimas paisagens foram vistas e muitas experiências foram vividas: da calmaria de um encantador pôr do sol em Jericoacoara/CE à fuga alucinada, na calada da noite, em Petrolina/PE... fortes emoções foram vivenciadas. Continue lendo para acompanhar a viagem.

Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol. Ambos existem; cada um como é. - Fernando Pessoa


Trajeto do dia

Trajeto de Arraial d’Ajuda/BA a Linhares/ES.
Trajeto de Arraial d’Ajuda/BA a Linhares/ES.


Xiii! Cancela tudo

Aproveitei que a saída para o passeio do dia seria um pouco mais tarde, apenas às 9h30, e então fiz hora na cama até às 8h. Ao levantar e olhar pela janela vi que estava chovendo, não muito forte, mas, chovia. Lembro-me bem de ter escutado o barulho da chuva em determinado momento durante a noite.


No hotel Arraial d’Ajuda/BA.
No hotel Arraial d’Ajuda/BA.

Fiquei com receio de que, naquelas condições, o passeio fosse cancelado. Ansioso, desci até a recepção para indagar ao funcionário da pousada sobre as chances da agência de turismo manter a programação prevista. A resposta que obtive não foi nada animadora. Ele comentou que, em outras situações semelhantes, as empresas de turismo terminaram por desmarcar os compromissos. Contudo, se comprometeu a ligar para a agência a fim de saber sobre as últimas notícias.

Enquanto isso fui tomar café da manhã. Após algum tempo, o recepcionista foi ao meu encontro. Achei que o pessoal da agência já tivesse uma posição, mas, apenas quiseram saber se eu estaria disposto a realizar o passeio mesmo com chuva e disseram que esperariam um pouco para observarem se o tempo melhoraria. Respondi logo que sim. E o funcionário deu meia-volta e partiu falando ao telefone.

Terminado o café retornei para o quarto. Já tendo passado por ocasiões semelhantes, em dias anteriores, nessa mesma viagem (veja o relato do “Dia 20. Vai ou não vai? Decida-se” para saber/relembrar o que aconteceu), então, resolvi começar a arrumar minhas malas e deixá-las prontas para partir na hipótese do passeio não vingar.


Nossa! Que descuido bobo hein

Como se não bastasse a tensão da espera, num movimento descuidado, terminei por derrubar a caixa de proteção da minha câmera de vídeo e essa queda foi fatal. Quando a recuperei do chão vi que uma das alças existentes para prender a câmera no suporte que vai no capacete havia quebrado. Levei as mãos à cabeça e lamentei pelo acidente.


Caixa protetora da câmera Gopro
Caixa protetora da câmera Gopro.


Assim, como não levara nenhuma outra de reserva, tive que procurar na internet uma caixa semelhante. Encontrei e comprei uma idêntica que estava anunciada em um site, no Rio de Janeiro. Muito provavelmente eu alcançaria o Estado do Rio de Janeiro em mais dois dias de viagem, consequentemente, indiquei que entregassem a encomenda em uma pousada na cidade de Armação dos Búzios/RJ onde poderia pegar a caixa de proteção recém-comprada.

Em minhas viagens de moto não costumo reservar estadia em hotéis antecipadamente, pois, é difícil estimar se o destino será alcançado na data da reserva. Entretanto, devido às circunstâncias, tive que abrir uma exceção.  Obviamente que antes de efetuar a compra na internet me certifiquei, por telefone, que a pousada escolhida teria vaga na data em que pretendia chegar e se eu poderia enviar uma encomenda para lá. Em ambas as questões a resposta foi positiva.

Minutos depois o recepcionista do hotel veio avisar-me que a agência tinha ligado e informou sobre o cancelamento do passeio. Sendo assim, terminei de recolher minha bagagem e pedi a conta do hotel.


Garagem do hotel em Búzios/RJ.
Garagem do hotel em Búzios/RJ.


Bem, paciência então. Já vou indo

Saí vestido com capa de chuva e sob um chuvisco constante. Antes de pegar a estrada passei em uma oficina mecânica e pedi que ajustassem a corrente da moto, pois, tinha folgado um pouco e ainda precisava comprar graxa para lubrificá-la.


Búzios/RJ.
Imagem retirada da internet. Meramente ilustrativa.

O mecânico já estava atendendo outra pessoa, então, comuniquei-lhe que deixaria a moto na frente da oficina. Enquanto ele trabalhava, fui procurar um banco para poder pagar o boleto de compra da nova caixa de proteção da câmera de vídeo.

Não demorei muito e ao retornar fui informado de que a moto já estava pronta. Acertei o pagamento e, agora sim, às 12h, segui viagem pela BR-367/BA-001 até encontrar novamente a BR-101. A partir daí, só peguei pista boa. Quase um tapete. Confesso que em alguns pontos vi um ou outro remendo de asfalto, mas, foram pouquíssimos, ao contrário do número de motoristas imprudentes que encontrei pelo caminho. Um mais louco que o outro.

Nesse trajeto passei por várias cidadezinhas e postos de abastecimento, praticamente, a cada 100 km. Por volta das 18h, depois de já ter anoitecido, cheguei em Linhares, no Espírito Santo. Ao avistar o primeiro hotel à beira da rodovia, parei, pedi informações e decidi encerrar as atividades do dia. Após jantar no restaurante do próprio hotel, deixei tudo pago, inclusive o pernoite, e fui dormir cedo para poder madrugar no dia seguinte.


Hotel em Linhares/ES bem à frente.
Imagem retirada da internet. Meramente ilustrativa.

Hotel: R$64,00.


Dicas

  • É sempre bom tomar cuidado ao realizar compras pela internet, pois, podemos acessar um site mal intencionado que foi construído apenas para nos roubar informações e nos passar para trás, literalmente. Dessa forma, antes de comprar pela internet, tente encontrar boas referências a respeito do site em que pretende realizar a compra a fim de evitar dor de cabeça posteriormente.




SOBRE O AUTOR

0 comentários:

Postar um comentário


ATENÇÃO! Comentários são sempre bem vindos por incentivarem o debate, a troca de informações e enriquecerem bastante o conteúdo do artigo. Contudo, justificadamente, foram estabelecidas normas na Política do Site que estipulam algumas restrições. Em resumo, poderão ser removidos:
  • se não tiverem relação com os assuntos abordados no artigo;
  • caso contenham links para divulgação não autorizada de blog ou site (comente com seu Nome/URL ou OpenID, nesse caso);
  • se possuírem propagandas de qualquer natureza - spam;
  • caso apresentem palavras grosseiras ou ofensas a quaisquer pessoas ou marcas;

Categorias